domingo, fevereiro 27, 2005

 

Raros Cafés de Lisboa (2)

O Jaime.
Na graça.
Se formos andando pela rua do eléctrico em direcção aos Sapadores, antes da bifurcação, do lado direito e a seguir a um salão de jogos, fica a tasca do Jaime.

Há fados ao fim de semana depois do almoço.
O Jaime e a mulher (infelizmente ainda não sei o nome da senhora) são de uma ternura e uma simpatia que é difícil encontrar noutros lados.

Passei este Sábado por lá e (ou)vi:
Velhos e velhas à vez cantando mediterrânicos fados; olhares vadios; cheiro a comida; o eléctrico passando à porta; o silêncio no momento certo; olhos cerrados no momento certo; desafinações no momento certo; o cigarro no canto da boca do guitarrista.

E um verso mais ou menos isto:
Não é por morrer uma andorinha que acaba a Primavera
(quem está por dentro ri do sentido que faz ouvir isto na Graça)

Na tasca do Jaime há fado vadio a sério, sem encenação para turista ver.
É uma das minhas tascas fetiche. Aconselho vivamente!

Comments:
no need to know html
no experience required
records audio for you
built-in editor
scrolls text for you
user-adjustable font size
brand any element (text, graphics, URLs, banners)
easy to learn
video tutorials show you how
easily combine text, audio and graphic all-in-one
powerful WYSIWYG Text Editor
import pre-recorded voice or music file
 
##frisky-pixie.com##
 
Complimenti Blogger per il post riguardante Raros Cafés de Lisboa (2) . Volevo sapere se puoi dare uno sguardo al mio sito che parla di risultati scommesse e dirmi come ti sembra. Se ti interessa l'argomento risultati scommesse non puoi trovare di meglio!
 
Hello Blogger ! You built a really nice blog, congratulations! I would like to advise you my website about scommesse . Only scommesse !
 
"Esta emoção de estar aqui, pode ser saudade" cantava O Jaime...
Gosto dos fados sobretudo se são cantados nesta tasca. Restam-me mais dois meses em Lisboa, depois de cuatro.
Com certeza, terei saudades.
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?