quinta-feira, julho 07, 2005

 

Norman Mailer

Lendo “O médico inverosímel” de Ramón Gómez de la Serna, lembro-me de uma entrevista televisiva a Norman Mailer em que o autor americano dizia qualquer coisa como:

“Quando era novo achava que ia morrer de cancro. Para mim o cancro é quando as nossas células desistem de nós, como se dissessem: eu não quero viver neste corpo triste e falhado. A forma que arranjei para inverter a situação e continuar vivo foi envolver-me todas as noites em violentas lutas de bar”.

Comments:
muito psicosomática mas bonita essa interpretação do Norman Mailer!

e sim, se ele pensava que essa doença tem essa origem teve uma bola forma de a resolver... a violência talvez seja a forma mais forte de nos fazermos sentir vivos

se post-aste isto é pq sentes empatia. resta perguntar-te: quais são as tuas estratégias para te sentires vivo?
 
fighting fire with fire!
 
Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?