sexta-feira, agosto 26, 2005

 

Mais um texto datado, repescado, revisitado


[foi escrito para um espectáculo sobre Porcos com músicas e leituras na Abril em Maio pelos No Mínimo Quatro. não me lembro quando foi...]


Cerdos Andaluces de Ahora


A Guarda Nacional Republicana Portuguesa em colaboração com a Guarda Civil Espanhola efectuou ontem uma operação na fronteira alentejana que culminou na apreensão de cerca de três camionetas espanholas de transporte de gado vivo. De gado mais morto que vivo. Eram algumas dezenas de suínos provenientes da Andaluzia e destinados a entrar ilegalmente e sem as devidas condições higieno-sanitárias no circuito nacional de matadouros.

A operação, com o nome de código: “Cerdos Andaluces de Ahora”, pretendeu controlar logo na fronteira a entrada abusiva no mercado português de carne porcina não regulamentada, bem como evitar que gado português nas mesmas condições pudesse chegar ao consumidor Espanhol. Na mesma operação conjunta das duas Guardas Ibéricas, foi surpreendido também o jornalista Manso Preto, recentemente impedido de exercer a profissão e condenado a onze meses de prisão com pena suspensa, e que se preparava para passar a fronteira. De lembrar que Manso Preto está envolvido no conhecido caso: “Os Secretos de Manso Preto”; caso este que se mediatizou por o referido jornalista se recusar a divulgar os seus próprios secretos em tribunal alegando razões de saúde pública. Manso Preto terá alegado desta vez razões gastronómicas. Terá dito mesmo na altura da detenção que “ ia só comer umas tapazitas”.

Varias suspeitas, apontam para o facto de hoje em dia tanto os suínos andaluzes como os jornalistas portugueses estarem a ser vítimas do valor nutricional que os seus secretos representam na cadeia alimentar dos povos ditos democratizados. São conhecidos os poderes afrodisíacos das lascas de presunto ramon-ramon. E sabe-se do valor cultural que o “desmanche” representa no estilo de vida de tristes europeus e de nítidos americanos.

Comments: Enviar um comentário

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?